domingo, 24 de maio de 2015

Atividades apresentadas na feira do livro pelo projeto @gcom da sala de informática

Apresentação dos alunos do projeto  @gcom da sala de informática na feira do livro

Acesse o link abaixo para ver o vídeo no youtube


https://youtu.be/UmDJ0yitUFY

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Curso: Redes de Aprendizagem




·         ATIVIDADE 2.4 REFLEXÕES
SOBRE A PARTICIPAÇÃO EM REDES




.
Momento 1: (presencial)
. Reflexão sobre a importância da colaboração e da reciprocidade em uma rede
virtual com base na leitura do texto contante no GC., p. 60 a 66.
Questões para reflexão:

Você participa ativamente dos processos coletivos na construção da organização de redes com objetivos específicos?
R: Como professora  procuro participar  das redes sociais, pois acredito que de uma certa forma elas contribuem para o aprendizado dos alunos.

Você costuma comentar/avaliar os trabalhos nas redes sociais compartilhados
por seus pares?
R: Como utilizo as redes sociais em minhas aulas, procuro avaliar os trabalhos apresentados pelos alunos em sala e compartilhados nas redes sociais através de you tube, facebook e blog
Você considera que a(s) comunidade(s) poderia(m) evoluir em algum dos seguintes requisitos: domínio, comunidade e prática? Quais estratégias poderiam contribuir nesse sentido?
R: As comunidades poderiam evoluir  utilizando programas educativos que fizessem uma  interação que  envolvessem todos os alunos e professores.
.Momento 2: (EaD)
. Redija um comentário a respeito do debate feito presencialmente no momento
anterior a fim de compartilhar as descobertas individuais e realizar no coletivo uma
“tempestade de ideias” para uma proposta de estratégias de aprimoramento da
participação em redes. Publique no AVA eproinfo/Fórum.
 
Tema: As redes Sociais
 
As redes sociais ajudam a se divertir, conversar com os amigos, se manter informado, tem o propósito de conectar a pessoa com o mundo.
No que se refere ao ambiente escolar as redes sociais estão cada vez mais próximas e, ao mesmo tempo, distantes. Muitas escolas ainda não sabem lidar com esses meios de comunicação, cada vez mais presentes, influentes e ao alcance de crianças desde a Educação Infantil.
É fundamental  hoje ,pensar as redes sociais como locus de informação, de troca de saberes e aprendizagem”.
Segundo  a especialista Andrea Ramal “As redes sociais potencializam as atividades que se realizam em grupo, pois por meio delas os alunos podem se relacionar com outras pessoas. Pode haver produção coletiva de conhecimento, numa espécie de rede cooperativa de aprendizagem. As redes sociais vão ajudar a fazer da sala de aula um ambiente mais interativo e dialógico, pois o modelo unidirecional da comunicação, no qual o professor fala e o aluno ouve, será substituído pelo modelo das redes em que todos os sujeitos têm vez e voz”.

terça-feira, 12 de maio de 2015

Curso: Redes de Aprendizagem


Atividade 2.3

Utilizando redes sociais de forma crítica e produtiva





Nesta atividade, o objetivo é que vocês compreendam melhor as relações socioculturais que ocorrem nesse contexto. Almejamos que vocês observem, especialmente, os processos de trocas e mobilizações para novas aprendizagens.

Compartilhando experiências de uso de redes sociais

1. Propomos um diálogo entre os cursistas sobre os processos que envolveram o ingresso nas redes sociais, bem como as atividades que cada um realiza nesses espaços.
 
2. Busquem identificar as especificidades socioculturais desse contexto: de que forma cada participante conheceu e ingressou em determinada rede social?
R: Ingressei nas redes sociais com o intuito de buscar  informações sobre determinados assuntos e também para me relacionar e trocar informações com amigos, alunos e familiares.

Alguém já auxiliou outros colegas em suas primeiras experiências?
R: Como trabalho no laboratório de informática de minha escola já auxiliei e criei perfis e blogs para alguns colegas de trabalho.
Quais as principais atividades que realizam?
R: Realizamos atividades  onde buscávamos a participação dos alunos no blog
Quais as atividades preferidas?
R:  As atividades realizadas eram de vídeos, filmes e sites educativos
De que forma pode ser usada para facilitar ações educativas?
R: As  atividades tinham objetivos facilitar o entendimento de alguns assuntos tratados em sala de aula que posteriormente vistos em  sites facilitavam o aprendizado d aluno
Alguma crítica?
R: Não
Existe o cuidado com questões de segurança e privacidade de informações?
R: sim
Quais diferenças percebem nos recursos, em comparação com a Comunidade Virtual que estamos utilizando no Ambiente e-ProInfo?
R: A comunidade Virtual  no Ambiente e-proinfo podemos dizer que é mais interativa e proporcionar ao estudante ter uma visão mais  ampla do assunto que a comunidade aborda, tornardo-o  mais atrativo.
3. Por fim, elaborem uma síntese dessa experiência do grupo para compartilhar nos blogs pessoais. Vocês podem, também, divulgar o link para a postagem em todas as redes que participam.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Atividade do curso Redes de aprendizagem

Módulo 2- Cultura de redes: mapeamentos fundamentais


Tema : Cultura Jovem altamente tecnificada

Para iniciamos o tema faz-se necessário responder as seguintes questões:
  • Quem são esses sujeitos que estão nascendo e crescendo em uma cultura altamente tecnificada?

  Os jovem que hoje fazem parte da cultura jovem altamente tecnificada nasceram em meados dos anos 2000, tiveram acesso as mais variadas tecnologias que até então o homem criou, e  em uma velocidade  absurda esses jovens se adequaram as essas tecnologias, que podemos dizer que hoje não vivem sem ela.


  • De que forma as tecnologias estruturam seus modos de agir, de se relacionar, de aprender?

   As tecnologias adentraram na vida  dos jovens influenciando-os  em todos os aspectos, já que a utilizam  para quase tudo: diversão, bate papo, relacionamento e estudos.

 
  • Quais diferenças são mais perceptíveis, se comparadas com as gerações anteriores?

Se formos comparar com a geração passada que quase não teve acesso a tanta informação como ocorre hoje em dia, os  jovens  atualmente não vivem sem a tecnologia, pois ficam antenados quase que 24h com todo tipo de informação.

  • Quais prejuízos são observados? De que forma a família e a escola estão lidando com essas questões?

Com a utilização desmensurada da tecnologia, os prejuízos que podem ocorrer alguns jovens diz respeito ao vício em tecnologia, pois muitos não conseguem se desligar , deixando de lado outras coisas  importantes que poderiam estar fazendo.
A família e a escola estão tentando se aproximar das tecnologias e tentando entender qual a importância dela na vida dos jovens.

  • Quais qualidades e comportamentos benéficos lhes são característicos? Os benefícios estão sendo reconhecidos e valorizados?

             O lado bom da tecnologia é a gama de informações que a mesma proporciona aos jovens levando-os a aprender mais sobre diversos assuntos. Podemos dizer que é um benefício que está sendo gradativamente reconhecido. Já que com tanta informação disponível é necessário orientar os jovens.

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Atividade do curso Redes de aprendizagem

 

Unidade 1. CULTURA MIDIÁTICA E ESCOLA

Tema:  As realização de tarefas escolares comparando as diferentes gerações

Uma reflexão sobre a influências das tecnologias na educação, na forma de ensinar no decorrer do tempo.



video

Acesse o link abaixo para ver o vídeo no you tube
https://www.youtube.com/watch?v=bS9Stw-Ihkw

quarta-feira, 18 de março de 2015

Atividade do curso: Redes de aprendizagem

Imagem da escola



As imagens selecionadas mostram o professor utilizando o modelo tradicional de ensino, como aparece em algumas imagens na  web .Isso  ainda  ocorre em algumas  escolas, onde  podemos ver o professor sendo o detentor do conhecimento e o aluno receptor  do mesmo, ou seja, um professor em uma sala de aula tradicional é a primeira fonte de informação e autoridade.





Nas imagens acima percebemos o  professor  atuando   como um facilitador, ajudando os estudantes na busca pelo conhecimento.Fazendo  uma aula mais interativa com seus   alunos, utilizando técnicas diferentes para tornar a aulas mais “agradável” ajudando-os a construir suas próprias aprendizagens.




sexta-feira, 13 de março de 2015

Documentário : "Uma escola entre redes socais"



Divulgado em 2013, o documentário “Uma escola entre redes sociais” abordou o tema ao retratar o cotidiano de utilização do Facebook por professores e alunos do ensino médio do Colégio Estadual Brigadeiro Schoert, no Rio de Janeiro.

O objetivo do documentário   era revelar as dinâmicas de como essa interação fora da escola acontece e para isso docentes e estudantes foram incentivados, em grupos, a debater o tema.

Para entender melhor a experiência feira no Rio de Janeiro pela UFF, assista ao documentário “Uma escola entre redes sociais”:



http://canaldoensino.com.br/blog/assista-gratis-ao-documentario-uma-escola-entre-redes-sociais

Meus slides

Amigo cão